2023-02-23

Informação e esclarecimentos sobre os casos recentes de EHV-1 CSI Lier e Oliva

Adicionado há 1 anos 117 dias atrás por Filipa Rebelo de Andrade

 

Face aos acontecimentos recentes relacionados com casos confirmados nos Concursos de Lier (BEL) e Oliva (ESP), vem a Federação Equestre Portuguesa, suportada por informação oficial da Federação Equestre Internacional, partilhar breve resumo da situação como sendo:

 

Lier (BEL)

Um cavalo apresentando sintomas no fim de semana em Lier foi imediatamente isolado e após a confirmação do EHV-1 no início da semana. O cavalo em questão e outros 25 cavalos considerados em contacto foram bloqueados na plataforma da FEI. As Pessoas Responsáveis (PRs) foram todas notificadas, juntamente com as respectivas Federações Nacionais e Chefes Veterinários Nacionais (NHVs).

 

O cavalo afectado bem como os 25 cavalos em contacto estão impedidos de participar de qualquer evento da FEI até que tenham cumprido certos requisitos de saúde impostos para minimizar qualquer transmissão potencial do vírus, tanto para seus próprios cavalos quanto para a população de cavalos em geral.

 

Oliva (ESP)

Em Oliva, a FEI está no local e trabalhando em estreita colaboração com a Federação Nacional Espanhola, a Autoridade Veterinária e o Comitê Organizador após quatro casos confirmados de EHV-1. Esses quatro cavalos estavam entre dez cavalos estabulados no mesmo parque de boxes que desenvolveram febre ou foram considerados contactos próximos. Eles foram imediatamente isolados e testados, sendo que quatro cavalos acusaram positivo a EHV-1. Não houve qualquer relato de sinais neurológicos nesses cavalos.

 

Todas as medidas de precaução para minimizar o risco de transmissão foram rapidamente aplicadas e TODOS os cavalos que compareceram a Oliva de 07 a 22 de fevereiro - mais de 1.000 cavalos - foram bloqueados na plataforma da FEI. Novamente todos os PRs e suas NFs foram notificados.

Os 82 cavalos estabulados no mesmo bloco dos quatro cavalos que testaram positivo, eles devem permanecer no local por pelo menos sete dias com medidas e protocolos de testes a serem cumpridos antes de deixar o local.

 

Mais informamos que a FEI não planeia cancelar nenhum evento, mas está monitorizando a situação de perto.

 

Gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para reiterar a importância dos Requisitos de Saúde do Cavalo da FEI e a necessidade de cumprir os Requisitos de Saúde do Cavalo por meio do FEI HorseApp para garantir a máxima segurança para todos os cavalos que competem em eventos internacionais.

 

Também gostaríamos de lembrar à comunidade equestre que os Requisitos de Saúde do Cavalo estabelecidos pela FEI e de acordo com o Art. 1027 e 1029 do Regulamento Veterinário FEI 2023, desde 01 de janeiro de 2022, são uma ferramenta crucial de biossegurança preventiva, e é de extrema importância que esses requisitos sejam aplicados de forma consistente por todos.

Todas as informações relacionadas aos Requisitos de Saúde do Cavalo estão disponíveis no Horse Health Requirements.

 

Assim, a comunidade equestre deve estar atenta mas tranquila, sendo que se surgir alguma duvida estamos à disposição.